Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Feminismo, Gênero e Direitos Humanos

Imagem
No dia 16/09 aconteceu o debate sobre “Feminismo, Gênero e Direitos Humanos” dando continuidade ao evento “Psicologia Social e Fronteiras da Exclusão”. Em um auditório repleto de docentes e discentes da comunidade acadêmica e representantes de organizações dos movimentos feministas e políticas públicas para mulheres da região, a Dra. Daniela Auad expôs o tema de forma crítica e potente encantando a todos que prestigiaram o evento. O debate foi pautado pelas novas perspectivas do feminismo De-Colonial em suas interfaces identitárias a partir de grupos ainda marginalizados na sociedade como as mulheres encarceradas, faveladas e lésbicas.           Durante a tarde, houve o encontro de pesquisadores da Cátedra UNESCO/UFGD e de membros do NEDGS (Núcleo de Estudos de Diversidade de Gênero e Sexual) na FADIR, cujo objetivo foi de diálogo a partir dos estudos e pesquisas realizadas na região.
Imagem
Aconteceu no dia 01 de setembro, no auditório da Unidade 1 da UFGD, o primeiro dia do ciclo de debates do II Encontro de Psicologia Social e as Fronteiras da Exclusão, cujo tema foi "Os Desafios da Construção de Práticas Antimanicomiais", apresentado pela Prof. Dra. Cristina Amélia Luzio.  O evento contou com a presença de graduandos dos cursos de Psicologia de Dourados, professores e demais colaboradores, e espera contar com tamanha presença nos demais debates que serão realizados no decorrer do mês de setembro. A Cátedra UNESCO/UFGD "Diversidade Cultural, Gênero e Fronteiras" apoia a o evento realizado pela ABRAPSO (Associação Brasileira de Psicologia Social).

Encontro do Núcleo de Estudos de Diversidade de Gênero e Sexual

Aconteceu no último dia 21 de julho, a 5ª reunião ordinária do Núcleo de Estudos de Diversidade de Gênero e Sexual (NEDGS), o qual, segundo o coordenador Prof. Dr. Miguel Gomes Filho, tem se institucionalizado na UFGD e contribuído com estudos e produção de conhecimento, possibilitando a desconstrução de visões reducionistas e estereotipadas da realidade.

Confira matéria completa.